terça-feira, 23 de março de 2010

Serafim


Dói demais essa promessa
reverso do samba que eu cantei
e eu jurei não te esperar
hoje teu pesar é o meu cobertor
leva minha dor
um sonho profundo de amor
foi apenas um engano
tinta sem quadro
um poeta sempre errado
mal amado por profissão

hoje eu sou um não
e uma alma assim tão triste
mas tenho o peito em riste
me chamo imensidão

Nenhum comentário:

Postar um comentário